Por que retirar o açúcar da alimentação?

O foco dos nossos males, com razão, é definitivamente o açúcar branco refinado. Os farináceos (pães, massas e bolos); os molhos (mostarda, ketchup, molho inglês) e laticínios (principalmente requeijão e iogurte), além de vários outros alimentos, “escondem” esse maléfico ingrediente.


Sua ingestão acima do normal gera fenômenos conhecidos como “glicação” (a união de açúcar com proteína fazendo com que essa perca a sua função). Nós podemos “medir” a glicação quando dosamos a hemoglobina glicada para diagnóstico ou acompanhamento de pacientes diabéticos. Possivelmente, em breve, estaremos também utilizando a albumina glicada pra esse fim.

Ambas quando aumentadas, além de diabetes, aumentam seu risco para doenças do envelhecimento (além de te envelhecer) e concomitantemente as doenças crônicas. Câncer, osteoporose, doença macular relacionada à idade, AVC, Alzheimer e neuropatia periférica são algumas delas que ninguém quer. Glicação é a primeira etapa de alterações complexas que culminam em AGEs (produtos finais da glicação avançada).

Eles te oxidam e geram inflamação crônica que também atrapalham a sulfatação do colesterol. Infarto ainda é a primeira causa de morte (causada por doença) na maioria dos países. Entendeu agora porque você deve evitar o açúcar?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *